Blog

Blog Resoluty

Leia nossos artigos, te manteremos informados dos mais diversos assuntos.


Estas quatro emoções vão te fazer gastar muito dinheiro

Estas quatro emoções vão te fazer gastar muito dinheiro

Resoluty 07 Out 2020

Sem dúvidas, gastar dinheiro e adquirir coisas é um dos maiores prazeres do mundo moderno. Quem não gosta de ficar satisfeito com uma compra, sair com muitas sacolas da loja, ter o celular da última geração ou comer sempre naquele restaurante favorito?

Acontece que essas ações e muitas outras podem ser prejudiciais quando mal calculadas. Um piscar de olhos e pronto: a fatura do cartão no fim do mês é gigante e a sensação de tristeza já bate!

Você já parou para pensar de onde vem os seus desejos em comprar e ter?
Hoje mereço esse lanche pois trabalhei muito! Hoje mereço um happy hour pois batemos a meta. Hoje estou triste, mereço comprar este sapato. Olha, uma super promoção!

Você já repetiu ou utiliza algumas destas expressões no seu dia a dia? Já se questionou o por que você tem gastado, e as vezes, nem se deu conta?
Abaixo, elencamos os maiores sentimentos vilões do seu bolso e que te fazem gastar sem que você perceba. Confira:

Quero gastar pois estou triste.... ou feliz!

Aquela comprinha constante em um dia difícil ou até mesmo aquela pela questão do “merecimento” após uma conquista é a maior vilã do cartão de crédito e do seu dinheiro. Claro que você deve se presentear, comemorar conquistas, celebrar e até mesmo comer sua comida favorita ou comprar aquele objeto desejado. Mas pense bem: toda nossa vida é feita de altos e baixos e sempre estaremos passando por oscilações emocionais em casa, no trabalho, etc.
Se, por mês, você se satisfazer financeiramente por absolutamente tudo que acontece, há grandes chances do seu dinheiro evaporar!

Gastar para substituir algo

Algumas pessoas tendem, após alguma perda significativa e dolorosa, buscar alívio em algum mecanismo de recompensa, seja comida, álcool ou... gastando dinheiro!
É muito comum desejar, incansavelmente, substituir a perda comprando! Mas a raiz do problema não será resolvida tentando colocar algo no lugar. 
O ideal é buscar a real causa, entender e buscar como o problema pode ser solucionado. Do contrário, a substituição irá virar rotina e os gastos irão subir cada vez mais.

Gastar para mostrar aos outros

Ter objetos e mercadorias remete ao símbolo de poder. Joias, carros, casas são grandes exemplos de compra e de prova social.
Não há problema em adquirir estes bens, que aliás, são maravilhosos! A dificuldade é quando o gasto para obtê-lo ultrapassa suas possibilidades financeiras e o propósito é puramente “provar” aos outros que você tem.
A bola de neve na sua conta bancária tende a crescer e sair do controle. Planeje seus objetivos futuros, faça suas economias e investimentos para adquirir e evite sair comprando apenas por status.

Gastar naquela super promoção!

Muitas pessoas não podem ver um aviso de “promoção” ou “queima de estoque” na vitrine da loja que já quer logo deixar todas as economias e não perder a oportunidade de economizar.
Tome cuidado: muitas lojas utilizam desta escassez estratégica apenas para te atrair mais ainda e te convencer da compra.
Economizar é ótimo! Fazer uma boa compra é melhor ainda! Mas fique atento as estratégias de vendas e marketing para não cair em uma furada.

Nestes casos, conte com a equipe especializada da Resoluty Consultoria para solucionar o gasto excessivo e se planejar de forma tranquila. Nossa equipe de Coaching Financeiro irá te auxiliar da melhor forma para que você obtenha sucesso financeiro. Para agendar uma consultoria AGORA clique aqui.

Compartilhamento: