Blog

Blog Resoluty

Leia nossos artigos, te manteremos informados dos mais diversos assuntos.


PIX: Como funciona e o que vai mudar?

PIX: Como funciona e o que vai mudar?

Resoluty 06 Out 2020

Ter de memorizar número de agências bancárias e contas correntes, CNPJ e CPF são algumas dificuldades na hora de fazer uma transferência bancária jurídica ou física. Mas tudo isso promete ser facilitado com o PIX.

O novo modelo de mandar e receber dinheiro de conta para conta lançado pelo Banco Central promete facilitar a vida dos brasileiros.

Disponível para a população no próximo dia 16 de outubro, a nova modalidade promete transferências instantâneas sete dias por semana, 24h por dia. Confira as principais perguntas:

O que é?
Em resumo, é uma nova modalidade lançada pelo Banco Central para enviar, receber e efetuar pagamentos. Estará disponível no próprio app do banco já utilizado e também em apps de pagamento.
A principal intenção do BC é diminuir a circulação do dinheiro físico e aumentar a inclusão financeira.

TED e DOC deixarão de existir? Qual a diferença?
Não, você ainda poderá utilizar esta modalidade, mas a tendência é que o PIX se torne mais popular com o tempo pela facilidade.
Atualmente, a diferença entre TED e DOC é que o primeiro leva em torno de uma hora para estar disponível. Já o DOC leva um dia útil.
Também dependem do horário bancário, feriados, etc. Já o PIX, será instantâneo.

Como funciona?
Para ter acesso, você precisará cadastrar uma chave PIX, que será sua identificação no sistema. Poderá ser seu email, celular, CPF, CNPJ, etc. Você pode optar por até 5 chaves PIX por cada conta bancária no seu nome.
Fique tranquilo, uma chave pode ser gerada para você caso já tenha utilizado todas as disponíveis.

Onde poderei usar?
Na própria plataforma ou app onde você costuma realizar pagamentos. O usuário poderá ter também seu próprio QR Code para receber dinheiro via PIX por meio de pagamentos por aproximação.

Pagarei a mais por isso?
Pelo contrário! Enquanto as diferenças que já utilizamos costumam custar de seis a sete centavos, o PIX irá custar apenas um centavo a cada dez transações!
Preços diferentes para pagamentos agendados ou para liquidações durante a madrugada poderão ter variação dependendo do banco. O BC deixará livre para cada instituição definir se e como repassarão estas taxas aos clientes.

Posso utilizar o PIX para quitar minhas dívidas atrasadas?
Pode e facilitará muito sua organização financeira. Com o valor da sua quitação em mãos após a negociação conosco, profissionais da Resoluty Consultoria, basta fazer uso da ferramenta para quitar, a partir do dia 16 de outubro, e já começar a se programar para suas próximas férias!

Conte conosco com uma avaliação GRATUITA para essa quitação o mais breve possível e se veja livre das dívidas! Para agendar uma consultoria AGORA clique aqui.

Compartilhamento: