Blog

Blog Resoluty

Leia nossos artigos, te manteremos informados dos mais diversos assuntos.


Dívidas bancárias ou do cartão: Dá para renegociar com

Dívidas bancárias ou do cartão: Dá para renegociar com

Resoluty 30 Jul 2020

Na última sexta-feira, dia 30, a primeira parcela do 13º salário foi depositada para milhões de brasileiros. E até o dia 20 de dezembro a segunda parte do benefício estará em suas mãos. Para quem está com dívidas bancárias ou do cartão de crédito e precisa renegociar, o momento é favorável. 

Mas como quitar a dívida em época de festas e troca de presentes? Como usar bem esse dinheiro para que não exista aquela sensação ruim de não usufruí-lo com quem se ama? A resposta é simples: separando parte do 13º para isso. E, segundo pesquisa feita pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas e SPC Brasil, esse é o plano de muitas pessoas. 

O levantamento mostra que aumentou para 32% o percentual de trabalhadores que vão gastar ao menos uma parte do 13º salário com presentes. E se você quer se livrar das preocupações financeiras e limpar o nome, a Resoluty Consultoria pode dar aquela ajudinha.

Se a prioridade for quitar ou renegociar dívidas, lembre-se de que são aquelas de valor mais alto, não as que você paga mensalmente com certa tranquilidade. Identifique quais são as com maiores taxas de juros, elas costumam ser as de cartão de crédito ou cheque especial. Se estiver com dúvidas sobre os valores, faça uma simulação gratuita clicando aqui.

Saiba que as pessoas que possuem dinheiro em mãos têm um poder maior para conseguir descontos. Além dos credores que estão mais favoráveis à negociações nessa época para que os nomes estejam limpos a tempo. Assim as pessoas conseguem comprar de novo. Pensando nisso, tente separar ao menos 10% do 13º salário para os presentes e comemorações. Os 90% restantes você pode usar como valor inical para renegociar a dívida bancária. 

Para inicar a renegociação, saiba exatamente o valor total que está a dívida bancária, ou do cartão. Peça uma discriminação da dívida por escrito. Seja cauteloso na análise desses números, pois eles podem estar equivocados – propositalmente ou não - e caso não entenda muito, é melhor pedir ajuda de especialistas.

Após entender os números, defina o quanto pode pagar. O 13º salário pode ser o instrumento da negociação. As maiores dívidas envolvem os maiores juros por isso elas devem ser sua prioridade de pagamento. Quanto antes quitá-las, menos dinheiro irá gastar. 

Saiba que ficar livre das dívidas é possível e a Resoluty é a única que garante em contrato a redução da sua dívida bancária. Recupere sua estabilidade financeira, faça uma simulação gratuita. 

Compartilhamento: